Churrasco feito em casa e saboreado fora dela

É o método de confeção veraneante por natureza. Uma bela churrascada, de peixe, carne ou de ambos, faz parte do menu de qualquer refeição em família ou com amigos.

Isto porque o churrasco remete-nos para um convívio que abrange mais do que apenas a degustação da refeição. A própria confeção da mesma é feita em convívio, com amigos e família em conjunto com o Chef de serviço. Há sempre alguém na família que tem particular jeito para grelhar peixe ou carne e que toma a rédea do barbecue enquanto o Chef saboreia uma bebida fresca. Mas um cenário tão informal remete-nos também para uma refeição apenas feita no verão e executada fora de casa.

Será que é assim tão impossível fazer churrasco durante todo o ano? E não será mesmo possível fazê-lo dentro de casa? Se me disserem que o fumo e o cheiro próprios de um churrasco são o grande impeditivo, então é porque não conhecem o sistema «Hob2Hood» dos exaustores Electrolux.

Com este sistema, fazer grelhados dentro de casa tornou-se fácil, funcional e sem os odores indesejados.

Graças à sua capacidade de extração, para além de sugar o ar e evitar que os odores emitidos durante a preparação das refeições fiquem na cozinha, permite também filtrar grande parte da gordura libertada no ar, evitando que esta se “agarre” aos outros eletrodomésticos, aumentando assim a sua durabilidade. E isto tudo sem nunca emitir mais ruído do que o necessário, para que nada perturbe os seus cozinhados.

Um exaustor com a potência correta permitirá fazer não só um delicioso churrasco dentro de casa, como possibilitará a execução de outros  pratos que evitamos, precisamente pelo odor que acarretam. Se tiverem uma casa open space como a minha, em que a única divisão entre a cozinha e a sala é a ilha onde cozinho, um bom exaustor é fundamental. Com o Exaustor de ilha com sistema «Hob2Hood», faço todo o tipo de cozinhados em casa, sem qualquer preocupação com odores ou fumos indesejados.

Apesar de não ser fã de carne, tenho um casal de amigos que adora um bom costeletão grelhado e sempre que vêm cá a casa, é assim que os recebo.

Grelho-os dentro de casa, mesmo tendo barbecue. Sem odores, sem fumo e com uma limpeza super-rápida. A frigideira limpa-se em segundos. O barbecue não.

E já agora, aqui vai a minha receita para uma marinada fácil e rápida, que puxa pelos sabores da carne, tornando- a também mais macia:

• 1/4 de chávena de vinagre

• 1/2 chávena de vinho branco

• 2 colheres de sopa de óleo (prefiro o de Girassol por ser mais saudável)

• 1 colher de sopa de molho inglês

• 1/2 chávena de azeite

• 2 dentes de alho picados finamente

• Pimenta preta moída a gosto

• 2 colheres de sopa de salsa fresca.

• 1 ramo de alecrim por peça de carne

Misture os líquidos, deixando o azeite para o fim, adicionando depois as ervas, a salsa, a pimenta e o alecrim, misturando bem novamente. Espalhe esse molho sobre a carne e guarde no frigorífico durante cerca de 1 a 2 horas, antes de cozinhar.

Grelhe a carne dentro de casa 😉 e sirva com alecrim e com pêssegos salteados. Fica deliciosooooo!

E quanto à mesa? Aí também adoro surpreender! Associamos uma mesa de churrasco a algo mais descomprometido e banal, mas porque não pôr uma mesa elegante e servir uma bela churrascada?

A sobriedade de uma toalha branca, pontuada por marcadores mais coloridos, com as indispensáveis azeitonas e batatas fritas, elegantemente servidas, acompanhadas pela cor e sabor das bebidas refrescantes. O churrasco está pronto, os amigos estão à mesa e não falta sequer a companhia do melhor das noites quentes de verão – o pôr-do-sol!

Bom apetite!

Vossa,

JT

Comentários


    Adicionar comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *