Queratoses seborreicas – como tratar

Sempre que uma nova maquilhadora vinha tratar da minha fronha, a pergunta era sempre a mesma – ” o que são estas borbulhinhas deixado dos olhos e pescoço?” – e a minha resposta era também sempre a mesma – “não faço ideia e todos os dermatologistas que já consultei não sabem como as retirar”

Essas borbulhinhas já eram de estimação e pouco me lembrava delas. Começaram a surgir aos 20 anos e foram aparecendo aos poucos. Primeiro no pescoço, colo e algum tempo depois junto aos olhos, numa área péssima e que realmente me incomodava. Maquilhada a coisa nem se notava muito, mas com a pele ao natural parecia que tinha nódulos de gordura na pele. Mas não eram. Depois de vários diagnósticos de dermatologistas ao “lado”, a minha adorada Dra.Maria Calles Vellés da Clínica Aviz-Porto, olhou para mim e com aquela ar mega assertivo e sotaque castelhano “isso são queratoses seborreicaspresupuesto!

Bingo!

Agora que já tinha nome para as minhas borbulhinhas de estimação, era tempo de lhes dizer adeus. Foi o olá/adeus mais rápido da minha existência. É que a Dra. Maria Calles Vellés disse logo que era possível fazê-las desaparecer. Nem pensei duas vezes.

Colocaram-me um creme anestésico nas zonas das borbulhinhas para o tratamento ser indolor. E fui ficando de molho enquanto a médica me explicava o procedimento. O tratamento das queratoses seborreicas consiste na sua remoção por plasma laser.

Este aparelho, parecido a um bisturi elétrico, foi o primeiro equipamento do género em Portugal e a Dra. Maria Callas foi a responsável por trazê-lo para o nosso país, estando o mesmo disponível na Clínica Aviz-Porto, onde vou sempre.

Na prática, e numa linguagem muito básica, o aparelho queima a pele em excesso, provocando a sua retração. O plasma laser é tão potente, que é usado para tratamento de marcas profundas de acne, alguns sinais, excesso de pele nas pálpebras superiores, etc

Depois de fazer o tratamento, a pele tratada fica escura, assemelhando-se a umas pequenas sardas com crosta. Estas desaparecerão 2 a 3 dias depois, dando origem a pele nova. Desta forma, todo o cuidado com o sol é pouco! É necessário também colocar cremes hidratantes que potenciam a regeneração celular, para além de muito protector solar.

Muitas pessoas têm queratoses seborreicas mas julgam ser pontos de gordura. Se é o vosso caso e se estão incomodadas com isso, este tratamento por plasma laser é muito eficaz. Podem saber mais aqui no site da Clínica Aviz-Porto.

Por estes lados a pele está a regenerar e sem borbulhinhas 😉

Vossa,

JT

Comentários


    Adicionar comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *