O truque da sopa dos bebés

Não há mesmo filhos iguais. De anteriores glutões, tenho agora um pisco exigente, que só gosta da fina flor gastronómica. O Afonso é daqueles bebés que tem de experimentar o que vai colher, saboreia com aquela mini língua e depois dita o veredicto. Maioritariamente de desagrado, à excepção da fruta e dos iogurtes que marcham sempre que nem bananas a macaquinhos.

A sopa tem sido por isso um Teorema de Pitágoras cá em casa. A batata doce era o segredo, mas agora já não basta. Esta amostra de gente mais fofa do mundo já procura algo diferente.

Seria com grande orgulho que vos escreveria dizendo que fui eu que inventei uma nova sopa para bebés irrecusável, mas não. Foi o meu excelentíssimo que tudo o que faz, faz bem, deixando o meu alter ego de Joana Avillez completamente nas trevas (de onde nunca sairá pois sou uma nulidade na cozinha).

Vamos ao que interessa. Mas atenção. Este truque exige mente aberta. O novo elemento a colocar na sopa de bebés para ficar irresistível não é um legume. Não é carne nem peixe. Pasmem-se. É maçã.

Sim, maçã mistura nos legumes da sopa.

Tem é de ser maçã golden delicious , a amarela, mais adocicada.

Posto isto, o crítico Michelin de 9 meses cá da casa, nem piou. Abriu a boca e comeu tudo sem necessidade de brincadeira.

Fica a dica, para mamãs desesperadas 😉

Vossa,

JT

Comentários

  1. Rosa Maria Oliveira

    3 Janeiro de 2018 às 20:15

    Responder

    Olá Joana Teles!

    Tenho uma netinha de oito meses, que até come muito bem a sopa, e adora maçã golden ao natural, sai ao pai, agora na sopa nunca imaginei adicionar, por isso vou experimentar.
    Obrigado pela dica. Beijinhos

    • Joana Teles

      9 Janeiro de 2018 às 18:47

      Responder

      Espero que goste ! Beijinhos Rosa Oliveira


Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *