Truques para cozinhar peixe – por Alison Jesus

O peixe é um alimento que nem sempre é muito apelativo porém, com alguns truques culinários vai ver que o peixe para além de ser um alimento rico nutricionalmente pode ser deverás aliciante.
Como descongelar o peixe?

Coloque o peixe a descongelar submerso num recipiente com leite, no frigorífico. Assim há menores perdas de água o que lhe confere uma melhor textura, pois faz uma selagem, sendo um bom método para descongelar peixe já sem pele (barreira própria do peixe). O leite tem a propriedade de ser mais denso que a água, ou seja, o leite funciona como um tampão. Para além disso, reduz o cheiro desagradável tão característico do peixe.

 

(Foto Google)

Como cozinhar o peixe?

Existem várias formas de confecionar o peixe, sendo a escolha do método crucial para torná-lo mais convidativo ao seu consumo. A cozedura em água ou em vapor é aplicável a quase todo o tipo de peixes de carne delicada. Porém, o vapor não é tão agressivo fisicamente como a água, o que faz com que o peixe mantenha a sua estrutura, não se desfazendo tão facilmente.

Relativamente ao assar procure assá-lo inteiro e pode coloca-lo sobre legumes com elevada quantidade de água, de forma a manter a humidade. 

Grelhar na chapa ou na grelha é também um ótimo método para os peixes de carne firme, grandes e gordos. Tenha em atenção que o peixe não deve ser muito espesso pois queima por fora e fica cru por dentro. Os peixes magros também podem ser grelhados contudo deve recorrer à marinada para não secarem ou embrulhados em papel de alumínio para cozer no seu próprio líquido.

Outro método poderá ser o estufado, em que tem que ter o cuidado de não misturar peixes gordos e de sabor forte. Na fritura deve recorrer à farinha, pão ralado ou ao polme, de maneira a garantir a formação de uma crosta protetora, mantendo o peixe macio e húmido. Este truque é muito útil para os peixes mais chatos como a solha.

O peixe é um alimento cheio de tradição. É um alimento rico do ponto de vista nutricional: rico em proteínas, vitaminas e minerais, sendo uma fonte bastante interessante de ácidos gordos polinsaturados da série n-3 (os tão conhecidos ómega 3).

Com estes simples truques verá que o seu peixe fica muito mais delicioso e suculento!

Alison Karina de Jesus

Nutricionista

facebook.com/umaquestaodealimentacao/

alisonkjesusnutricionista@gmail.com

 

 

Comentários


    Adicionar comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *