Para as mamãs que amamentam – opinião da Swing maxi da Medela

São conhecidas e reconhecidas as inúmeras vantagens da amamentação pelo que, para as mamãs que como eu fazem ponto de honra nesta questão, a iminência do regresso ao trabalho ou necessidade de afastamento temporário do bebé, pode causar stress e ansiedade. 

Se por um lado precisamos de algum tempo para nós, por outro lado o nosso bebé precisa de todo o nosso tempo para ele. Conseguir este equilíbrio nem sempre é fácil e é nesta parte que entram as  nossas BFF, que é como quem diz, as bombas extratoras de leite. 

Na minha anterior gravidez, levava a cabo um episódio recorrente e algo caricato. Na altura gravava o programa “Só Visto!” que não tinha horários certos, pelo que na produtora , fosse de manhã cedo ou à noite, lá me fechava na casa de banho (é o que dá escritórios open space) para uns melodiosos 20 minutos de “ueinnnnnnnnnn” (ahhhhh, o inconfundível som da bomba extratora de leite). Esta era a minha parceira 

Pequena, leve e com funcionamento a pilhas ou ligada à corrente, a mini eletric da Medela andava literalmente comigo para todo o lado. (Entretanto empresteia e já não sei quem e perdi-lhe o rasto)

A menos que tirem leite quando o rei faz anos, não aconselho de todo as bombas extratoras de leite manuais. A menos que queiram ganhar calo, tendinites e desmotivar com o processo, esqueçam. Mais vale dar mais um pouco e investir numa boa bomba extratora de leite. Se contam amamentar durante uns bons meses, vão agradecer o investimento. Podem sempre usar o chá de bebé para angariar fundos para a compra. Será bem útil, acreditem. 

Ontem foi noite de girls night out com a M.I. Fomos ver o espetáculo da Frozen On Ice, prometido à meses. Insistia que queria ver comigo e se por um lado queria partilhar com ela esse momento, por outro lado os 15 dias de vida do Afonso não me permitiriam grande liberdade. Achei que duas semanas de vida fosse muito precoce para estar a tirar e a dar leite até porque poderia nem pegar bem na tetina, estranhar e estrebuchar no colo do pai, enquanto eu estaria no MEO Arena a cantar “já passou, já passouuuuu!!”

Meio a medo, sem saber a reação do baby, lá meti às mãos à novíssima Swing maxi da Medela que recebi e apercebi-me que de facto a marca está mesmo muito à frente. A embalagem vem muito completa. Traz o motor, tubo, 2 funis e respectivos conectores, 2 frascos de leite com respectiva tampa e suporte e uma tetina Calma que se mostrou espetacular (brevemente falarei da experiência)


Pareceres gerais/opinião:

Silenciosa 

Isto faz mesmo diferença, principalmente quando temos de tirar leite fora do conforto do nosso lar 

Capacidade de extrair leite de um ou dos dois peitos em simultâneo 

Podemos poupar muito tempo extraindo leite em simultâneo do peito, o que torna o processo não só mais rápido mas também mais prático e eficaz. Quem amamenta vai perceber como esta é a melhor invenção de sempre a seguir à roda. 

A extração simultânea (dos dois peitos) em comparação com a extração simples (um peito de de cada vez), permite não só obter a mesma quantidade de leite materno duas vezes mais depressa, mas como se denota um aumento até 18% de leite durante a extração. O esvaziamento eficaz do peito promove uma melhor manutenção do aleitamento.

Este método de extração, permite ainda obter níveis mais elevados de prolactina, resultando numa maior produção de leite.

Pré-fase de estimulação 

Estou mega-fã disto! Ao colocar no peito, sentimos primeiro um ligeiro vácuo, durante 1 a 2 minutos e só depois a bomba passa para a extração de leite propriamente dita. Este sistema estimula e simula o que o bebé faz no peito. Podemos selecionar se queremos maior ou menor intensidade, para dar mais conforto ao ato e optar por maior ou menor extração, já que podemos não querer esvaziar o peito na totalidade. 

Sistema vácuo 

Tenho algumas amigas que não querem usar bomba extratora de leite por acharem que lhes vais quebrar o peito todo, que vai ficar descaído etc. Percebo e respeito a opinião, mas com a Swing maxi não sinto que o peito seja sugado mais do que aquilo que o bebé faz. A forma como o mamilo é “sugado” é também mais “fisiológico” quando comparado com a mini eletric, por exemplo, imitando muito bem o que o bebé faz quando amamenta, pelo que não repuxa a pele para além do que o bebé já faz.

Equipamento

Para mim importa o material de que é feito, pelo que além das peças serem leves, fáceis de transportar e fáceis de limpar, o material da Swing maxi não contém BPA (elemento presente nos plásticos e muito prejudicial à saúde)

Mamãs, a opinião aqui descrita é muito sincera, pelo que se ainda estão na fase do chá de bebé, ou de dizer à mãe, sogra,amigas do trabalho, etc o que querem, vale a pena incluir esta bomba extratora de leite na lista.

Existe o mesmo modelo em extração simples, ou seja, só para um peito, que podem conhecer melhor no site da muito eficaz e completa Sweetcare onde também podem ver e comparar com a swing maxi

Espero ter assim ajudado a elucidar as vossas dúvidas ;)!

Vossa,

JT

Comentários


Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *