Gravidez – os 7 indispensáveis

Com a gravidez a barriga cresce mas a conta bancária não. Somos seduzidas a comprar muuuuita coisa para nós e para os bebés. A determinada altura já perdemos o filtro e não sabemos bem o que realmente importa comprar na gravidez. Não havendo controlo e algum bom senso, somos levadas a comprar muito mais o que realmente precisamos. São provavelmente os melhores 9 meses da nossa vida, mas será que precisamos mesmo de tudo aquilo que dizem que é necessário na gravidez? Por serem só 9 meses, que produtos valem o investimento? O que é que é verdadeiramente útil e indispensável?

Sem pretensões da minha parte, decidi escrever este post para ajudar algumas leitoras que me têm colocado estas questões via mail, mas também para ajudar outras mamãs nesta difícil tarefa de seleção. Como sou muito prática, só gasto dinheiro naquilo que efetivamente acho que vale a pena e como já tenho alguma experiência na maternidade, aqui ficam as minha sinceras sugestões.

Afinal, o que é que é mesmo indispensável comprar na gravidez?

– Um bom creme hidratante corporal

A vossa pele será testada ao máximo! Além de possíveis alterações na aparência da mesma (mais oleosa ou mais seca) o risco de surgirem estrias é enorme. Existem cremes gordos específicos para a gravidez e existem cremes mais leves na sua textura, que podem ser complementados com produtos específicos para o peito, barriga e coxas, onde as estrias têm maior tendência a surgir. O importante é que não descurem este cuidado. Sei do caso de uma grávida com uma pele linda até aos 8 meses. Na chegada aos 9 meses a pele simplesmente “estalou” e as estrias surgiram por todo o lado. Péssimo e irreversível. A prevenção pelo uso destes cremes não é garantia absoluta mas é a melhor arma, como sempre.

Existem produtos muito bons, como por exemplo as linhas da Mustela, Oleoban, Bio-oil, etc. A diferença estará na textura, na resposta da vossa pele, no aroma e na sensação da sua aplicação. A propósito, a aplicação tem de ser diária e com doses generosas! Tenho usado a linha Mustela maternidade ,reforçando com óleo de rosa mosqueta e Bio-Oil à noite. Tenho um medo que me pélo de ter estrias! Os cremes e óleos variam entre os 12€/30€ (em farmácias) 

Faixa ou cinta

Nunca gostei de usar nem uma nem outra, mas o que é certo é que por volta das 28 semanas de gravidez comecei a sentir muita pressão e dores no fundo da barriga, principalmente ao final da tarde e noite. O apoio que a faixa ou cinta vos dará vai aliviar em muito o peso na barriga e a dor de costas. No meu caso tem até ajudado a evitar o risco de um parto prematuro. Com este meu diagnóstico desde as 26 semanas e um bebé “muito descido” a fazer pressão, as contrações diárias estiveram sempre presentes, mas com o uso da faixa de gravidez melhoraram imenso. A minha médica aconselhou mesmo o seu uso por ajudar e atenuar estes sintomas. No meu caso, uso a faixa da maternidade da Chicco. Custa cerca de 25€ e é um ótimo investimento! 

Soutien amamentação 

Os nossos soutiens normais até nos podem servir, mas já não são a mesma coisa, convinhamos. O peito está inchado, sensível, as costuras incomodam e às vezes até magoam. O peito vai continuar a aumentar e a sensibilidade também, pelo que os soutiens de amamentação são também ótimos para a gravidez. Sem costuras incomodativas, sem copas e com tecidos que respeitam a nossa pele, são já uma ótima compra antecipada. Vamos precisar deles para amamentar, por isso podemos já comprar porque já fica despachado. Usem as alças o mais subidas que conseguirem, para que o peito não “parta”, proporcionando um bom apoio. Os soutiens de amamentação variam consoante a marca e custam cerca de 40€. Podem encontrar aqui na loja online da Sweetcare que é ótima, mega completa e com entrega em menos de 24h,o que é perfeito para nós já que a paciência não é um ponto forte das grávidas! 

– Meias de descanso/ compressão 

Se são mamãs que passam muito tempo de pé ou que já tem alguns derrames ou varizes, não facilitem. Meias de descanso/compressão na gravidez são mesmo fundamentais. A tendência para fazermos retenção de líquidos na gravidez é gigante e de mãos dadas com ela vêem os derrames e varizes. Sabem que na gravidez ficamos com mais 50% de sangue? Imaginem tantos litros pelo nosso corpo, num esforço do coração para os bombear e as artérias e veias a trabalhar horas extra para os aguentar. Invistam em meias de descanso na vossa gravidez pois aliviam a pressão, minimizam a formação de varizes e a sensação de pernas cansadas. Mesmo depois da gravidez podem e devem continuar a usar, pelo que é um bom investimento também. No site da sweetcare encontram vários modelos, desde meias até ao joelho, pela coxa ou perna toda, a partir de 10€ – que podem ver aqui 

Roupa de grávida

Ai que toquei no meu ponto sensível ;)! Há muito a ideia de não comprar roupa de grávida, pois são só 9 meses da nossa vida. Compreendo o raciocínio, mas usar 2 tamanhos acima de roupa normal, não fará nada pela nossa beleza e auto-estima. A melhor fase da nossa vida merece roupa à altura! 

Quer seja para anunciar a gravidez de uma forma original e divertida, para usar no babyshower e torná-lo ainda mais inesquecível, para usar na sessão fotográfica da gravidez ou simplesmente para andarem no dia a dia, na BBme by Joana Teles – que podem espreitar aqui – existe roupa específica para as pré-mamãs a preços acessíveis, que estão desenhadas para poderem usar também no pós-parto e amamentação, pelo que serão um bom investimento. São 9 meses únicos e a roupa tem de refletir esse estado de espírito!

Kit de criopreservação 

Já cá falei da sua importância e é algo que terão mesmo de analisar e decidir na gravidez. Dois post’s abaixo deste e lá o encontram! 

Creme rosto

O célebre pano da gravidez resulta de uma alteração na pigmentação da nossa pele. Os estrogénios e a progesterona têm um efeito estimulante dos melanócitos o que causa o escurecimento da pele e aparecimento das manchas. E se é certo que o pano da gravidez possa desaparecer , não menos verdade é que poderá não desaparece por completo. Desta forma, dupliquei o uso do sérum anti-mancha s da Caudalie. Uso de manhã e à noite e deixei de usar outros óleos e sérum’s. Complemento com a linha Vinoperfect pois a minha pele só reage bem a esta. Manias de pele de grávida 😉

Espero ter ajudado mamãs! 

Vossa,

JT

Comentários

  1. Cláudia

    1 Março de 2018 às 23:15

    Responder

    Querida Joana Teles, achei muito útil todas as informações que aqui partilhou com os produtos que usou durante a gravidez.
    Relativamente ao cabelo tal como shampô, condicionador, máscara, serum, etc., será possível partilhar o que usou?
    Obrigada. Cláudia

    • Joana Teles

      31 Maio de 2018 às 10:23

      Responder

      Olá Cláudia! Obrigada! Eu sempre fui grande fã da Kérastase e usei produtos da marca na minha gravidez, mas como o meu cabelo ganhou vida própria e por vezes estava indomável e oleoso , revezava com o shampoo natural da Caudalie, para o equilibrar, usando a máscara/condicionador da Kérastase. Depois da gravidez, o cabelo vai cair, é um processo normal, pelo que comecei logo a fazer um tratamento da Viviscal entre comprimidos e a linha de shampoo e máscara que é absolutamente espetacular. Recomendo muito! Beijinhos!

  2. Carolina

    30 Abril de 2019 às 10:19

    Responder

    Olá,

    Muito obrigada pelas preciosas dicas. Poderia, por favor, me ajudar com uma dúvida? Como você alternava cremes e óleos? Tenho aplicado o óleo logo após sair do banho e, na sequência, o creme; mas não sei se é a melhor maneira.
    Obrigada!

    • Joana Teles

      1 Maio de 2019 às 19:18

      Responder

      Olá Carolina! O ideal para mim era o óleo a seguir ao banho e o creme à noite. Hidratação a duplicar ;)!


Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *