Mala para a maternidade – é hoje!

…e até já devia ter sido há mais tempo!

Andei para aqui a adiar este momento numa tentativa de não querer pensar e admitir que esta minha gravidez com ameaça de parto pré-termo fosse acontecer e so far so good! 

Cheguei às 33 semanas (uhuhhh!!) e estou convicta que ainda aguentamos mais umas 3/4 semanas pelo menos. 

Sendo a vossa uma gravidez normal ou de risco, dizem os milhentos artigos sobre este tema, que a mala para a maternidade deve ser feita por volta das 32/34 semanas de gravidez. E faz todo o sentido. Porquê? Ora atentem para esta minha análise profunda:

Nesta altura da gravidez ainda temos paciência, disponibilidade e mobilidade para nos dedicarmos a esta tarefa. Ainda temos neurónios funcionantes e um equilíbrio emocional que não nos faz chorar baba e ranho só porque vemos a cara de um bebé fofo numa embalagem de papas lácteas. A partir desta data minhas ladies…começa tudo a vir por aí abaixo. Não há cá bom senso, equilíbrio, sensatez. Nós deixamos de ser o resto de nós para passarmos a ser totalmente as nossas hormonas. Por isso, enquanto é tempo, hoje foi dia de mergulhar na preparação da minha mala para a maternidade. 

– A lista

Há montanhas de listas de maternidade, cheias de sugestões de artigos para se levar para o dia D. Na maternidade ou hospital que escolheram para fazer nascer o vosso rebento, existe seguramente uma lista de artigos a levar para a maternidade. Basta seguir a mesma. Poderão existir diferenças entre hospitais, mas serão coisas pequenas. Se fizerem cesariana ficaram pelo menos mais um dia no hospital, pelo que é sempre melhor levar a mais que a menos. 

Segue a minha lista do que considero ser indispensável para levar para a maternidade


Para o vosso bebé:

– 4 mudas de roupa

Avisem o vosso man acerca da primeira roupa que querem que o bebé use. Isto é muito importante…não vá ele juntar aquela camisola bordada maravilhosa só com os collants básicos e carapins tricotados pela avó. Isto não é nenhum comentário feminista. Os nervos dão para tudo, só isso 😉



Este fatinho delicioso foi a primeira roupa da Maria Inês e será também a primeira do Afonso Maria. É da Pili Carrera, que para mim  é assim marca de roupa para bebés e crianças. Um must!

4 interiores 

Camisolinhas de apertar à frente preferencialmente (sempre mais  eficazes), collants e carapins. Nem preciso de dizer que deve ser tudo em algodão, sem etiquetas e lavado previamente com detergente e amaciador hipoalergénicos, próprios para roupa de bebé 

Produtos de higiene

Escova de cabelo, tesoura de pontas arredondadas, toalha de banho, fraldas descartáveis para 2/3 dias (12 a 18), fraldas de pano e toalhitas

Não sou a favor de toalhitas quando os bebés são muito pequenos, pelo que considero sempre que uma gaze com água tépida fará um belíssimo trabalho, contudo, descobri estas toalhitas waterwipes, feitas com 99,9% de água e 0,01% de extrato de extrato de citrinos. Sem químicos, claro. 

Fraldas de pano | Gloop Baby

Toalha de banho | Zara Home

Manta em forma de coelho | Zara Home

Muito importante! Não se esqueçam do Kit de Criopreservação de células estaminais. Absolutamente indispensável! Deve ir lado a lado com a vossa mala e entregue ao pessoal médico/enfermagem. Muito em breve falo-vos do porquê da minha escolha no Kit e serviço da Bebécord e de como tudo se processa. 

Para nós, mamãs:

– Produtos de higiene 

Tudo o que precisam para se sentirem maravilhosas e femininas! Nada se descuidos!  O perfume é que devem evitar, assim como produtos de beleza que tenham um aroma intenso. O vosso bebé vai reconhecer-vos também pelo odor da vossa pele. Não o camuflem. 

– Camisas de noite/amamentação 

3 ou 4, consoante as noites que passarem na maternidade. Já conhecem estas da BBme by Joana Teles ;)?


(Vem com gorro igual para o vosso bebé ficar a combinar convosco. Tão amorosoooo!)

– Robe e chinelos de quarto

– 3/4 soutiens de amamentação, assim como discos absorventes para o efeito

– Cuecas descartáveis e/ou pensos higiénicos ultra absorventes

– Roupa para a saída da maternidade 

Ladies, neste campo, por muito que me/vos custe, esqueçam ir comprar roupa nova com o vosso tamanho “habitual” de pré-grávida. Desculpem mas a verdade é uma. Não nos vai servir. Dizem que à saída da maternidade estamos com uma barriga equivalente a 6/7 meses de gravidez e posso comprovar por experiência própria. É desmotivador bem sei, mas há soluções elegantes! Eu cá vou levar este vestido da BBme by Joana Teles 😉


Mega prático por não ter costuras (quer seja cesariana ou parto normal quererão tudo menos ter algo a apertar-vos), serve também para a amamentação e ajuda a disfarçar as curvas menos definidas. 

Para fechar em beleza, escolham a vossa mala de maternidade. Ela servirá também para acompanhar o vosso bebé nos passeios e viagens que fizerem, pelo que convém ser resistente, prática, facilmente lavável, bem compartimentada e já agora, gira! 

Fugi do habitual azul bebé e fui para este modelo Oso da Tuc Tuc em cor creme. Traz também um muda fraldas incorporado e para fazer o pleno, escolhi este porta-documentos. O conjunto de pentes é também da Tuc Tuc e os sapatinhos são da Mayoral.


Espero ter-vos ajudado nesta tarefa. Façam-na com calma e se o vosso maridão puder estar presente, tanto melhor. Esta será a primeira de muitas escolhas da vossa vida futura! Usufruam. Tudo isto passa muito rápido e deixa saudades. Até o choro inexplicado 😉

Vossa,

JT

Comentários


Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *