Truques para salvar cozinhados a caminho da desgraça!

Não gosto de cozinhar. Não tiro prazer nenhum das panelas e das nabiças. Acho que o meu grande problema é que quando estou a cozinhar, estou a pensar em tudo, menos naquilo que devia. ” Agora o sal, depois as batatas…” ao invés do “tenho a edição daquela peça e tenho de preparar aquela entrevista” .Aqui está a justificação para os meus pratos serem ao nível do mediano, com alguns quase a passarem para o lado do bom e gostoso e outros para o lado do “há por aí uma lata de atum na despensa?” 

Perante isto, pareceu-me bem ser uma boa dona de casa, mãe e mulher extremosa e aprender alguns truques para melhorar os pratos. Tudo para que a vontade de mandar vir uma pizza seja menor:

– Pratos gordurosos

Acontece, não é bonito e muito menos saudável. A solução?  Peguem numa concha grande de sopa e coloquem na mesma, cubos de gelo. Sem mergulhar a colher, vão passando o fundo da mesma pela sopa, caldo, estufado, etc. A gordura aglomerar-se-á no fundo da colher e depois é só tirar e repetir o processo, as vezes que forem necessárias.

– Comida muito picante 

Aqueles pimentos ou aquela malagueta destruíram o prato exótico que tanto prometia. Picante a mais tem solução! Acrescentar algum lacticínio, tal como leite, natas ou queijos, funciona! Tudo isto porque o picante vem de um químico chamado capsaícina (que é especialmente irritante para mamíferos e que certos vegetais como os pimentos picantes produzem para se protegerem) mas o leite e seus derivados têm outro químico chamado de caseína que se junta a capsaícina e neutraliza as suas propriedades. 

– Sal a mais!

Experimentem pôr uma casca de batata na panela do arroz ou das batatas e depois agradeçam por terem lido este post!

– Fritar mas sem saltar

Alguém tem um dia de ter uma conversa séria com o azeite e o óleo, e explicar-lhes que quando aquecem, não estão licenciados para fazer um espetáculo de pirotecnia e sujar e queimar tudo à volta. O truque para os pôr na ordem é simples! Ponham uma pitada de sal e um dente de alho com casca dentro da frigideira ao lume. Adeus salpicos!! 

– Casca de ovos com síndrome de separação 

Ainda hoje tentei descascar três ovos que não queriam por nada separar-se da sua casca. O resultado foi esteticamente mau. Solução? Mergulhar os ovos numa taça com água bem fria. A água irá infiltrar-se na casca e soltar a mesma do interior do ovo.

Se também tiverem truques vossos, toca a partilhar sim? 

Para que assim custe menos…

  

Beijinhos e até já! 

Vossa,

J!

Comentários


Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *