Parte II – Orçamentos 

À uma certa anatomia nas obras de uma casa. Começa pelas dores de cabeça pela trabalheira que constitui esta decisão e passam depois para a dor no peito; no coração mais propriamente, quando temos conhecimento do orçamento. 

Pedi orçamentos a 3 empresas diferentes e eram todas bastante desagradáveis. Era só números à direita. Um horror. 

Acontece que desde que decidi comprar casa, o tempo passou a andar mais rápido e tenho 3 semanas para fazer obras e mudar de casa. Na prática, esta minha nova aventura implica mandar uma cozinha abaixo, fazer uma nova, mandar 3 paredes da sala abaixo, criar mais estruturas de vidro, faz-se chão, pôr tecto falso e ganhar umas quantas rugas.

Seria tudo mais fácil se não trabalhasse 6 dias e meio por semana e tivesse tempo para andar a visitar lojas de bricolage à procura do que quero. Isso sim, seria divertido! Mas não. No meio de 2 diretos enfio-me num canto a falar ao telemóvel, a discutir pladur, led’s e buchas! 

Hoje a coisa ficou fechada! Fui ao Leroy fechar a cozinha. Vou pôr móveis cinza claro, modelo Boston Taupe e silestone como pedra, que é um assalto à carteira. Eis os tons da minha nova cozinha

  

Lá também me fizeram um protótipo em 3D da nova cozinha e dá para ver que vai ficar lindaaaa! 

À parte disso, fechei hoje também o orçamento do resto da obra e faltam-me os electrodomésticos. Esse será outro sofrimento físico, psicológico e monetário que vou infligir a mim própria. Mas antes disso tenho de comparar produtos e ver qual o mais rentável. No fundo, este blog vai transformar-se numa espécie de site do consumidor, cheio de dicas e o opiniões. Fiquem atentos. 

Até já :)! 

Vossa, 

J! 

Comentários

  1. Salomé Oliveira

    18 Maio de 2016 às 0:49

    Responder

    Olá :) gostava de saber qual a sua opinião acerca dos móveis de cozinha da Leroy porque em breve vou iniciar as obras na minha futura casa e tenho ideia que naquelas lojas mesmo especializadas em cozinhas os orçamentos são bastante puxados!
    Beijinhos e tudo de bom :)

    • Joana Teles

      22 Maio de 2016 às 16:52

      Responder

      Olá Salomé! Estou bastante agradada com os móveis de cozinha do Leroy. Têm bastante diversidade e extras muito práticos. Tenha só atenção que o orçamento da cozinha não contempla a montagem da cozinha, e não é nada barato. Beijinhos e até breve

  2. Salomé Oliveira

    22 Maio de 2016 às 22:45

    Responder

    Olá :) obrigada pela resposta! Por acaso na altura não viu as cozinhas da Conforama? Vi o catálogo e agradaram-me, já fui lá à loja ver e parecem-me de boa qualidade, usam também silestone e têm muitos extras e arrumações. Pois é, a montagem já acresce mais um bom bocado ao orçamento! Beijinhos :)

    • Joana Teles

      24 Maio de 2016 às 9:17

      Responder

      Não conheço Salomé, mas veja a garantia que dão. Pode comprar silestone diretamente nos fabricantes, se preferir. Beijinhos!


Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *