Curiosidades – Tony Ramos

Lembro-me de ser pequena e de ver um homem na televisão que a minha mãe frequentemente comentava como sendo um grande ator. Fazia ele a novela “Rainha da Sucata”.

Era de Tony Ramos que falava.

Fui crescendo a vê-lo fazer novelas e o que mais me marcou e continua a marcar, é a capacidade que Tony Ramos tem em ser ator apenas com o olhar!

Já repararam bem como ele consegue transmitir os sentimentos com o olhar? O mesmo olhar que hoje testemunhei, numa entrevista que lhe fiz. Como o mundo é pequeno! Quem diria que algum dia ia entrevistar o mister Tony Ramos?

 

Joana Teles com Tony Ramos

Joana Teles com Tony Ramos

 

A entrevista ocorreu a propósito da presença do ator brasileiro em Portugal, para fazer a promoção do filme Getúlio, do qual é protagonista.

Antes de começar, testo, sem intenção para tal, o sentido de humor de Tony Ramos:

– “Desculpe, mas antes de começarmos, deixe só tirar este pêlo do seu casaco!” – ao que ele responde – ” Coisa rara em mim!”

 

O filme Getúlio conta a história dos ultimos dias de um mais importantes presidentes do Brasil. Depois de 15 anos no poder, o presidente Getúlio Vargas suicida-se, numa trama que envolve o governo de então e a própria família

Para espreitarem um pouco do que vos espera numa sala de cinema a partir do dia 23 de outubro, aqui fica o trailer – http://www.youtube.com/watch?v=FUajWwLQcaQ

 

Nos poucos minutos que antecederam a ante-estreia do filme “Getúlio” no cinema São Jorge em Lisboa, tempo para uma rápida (infelizmente) entrevista para o “Só Visto!”, onde descobri algumas curiosidades sobre Tony Ramos

 

– Uma das memórias mais remotas da sua infância foi estar com a avó dele na cozinha, que preparava o bolo do 6º aniversário do pequeno Tony e aperceber-se da “…preocupação da vovó quando ela ouve na rádio a notícia da morte do Dr. Getúlio Vargas!” – 60 anos mais tarde, desempenha na ficção esse momento marcante da história brasileira

– A preparação para a personagem não se fez só de pesquisa, estudo do texto e interpretação. As 2h30 passadas na maquilhagem para ficar igual a Getúlio Vargas também serviam para “…encarnar esse personagem complexo” – Olheiras, rugas de expressão e cabelos brancos aplicados na cabeleira de Tony Ramos, num trabalho moroso feito pelas mãos de uma profissional vinda diretamente de Hollywood, exímia no trabalho em látex.

16431215

 

– O seu avô era um português de Guimarães

– Foi numa época onde reinava a censura que fez o primeiro nu masculino das telenovelas brasileiras – “nem fiquei tão nu assim, porque estava coberto de pêlos!” 😛

– É a mulher que lhe corta os pêlos do corpo, de 2 em 2 meses, com auxílio de uma máquina de barbear. Diz que “fica como novo!”

– Completa em 2014, 50 anos de carreira e não lhe dou os 66 anos que tem de vida. Tem os olhos brilhantes que vemos na televisão e a simpatia que se adivinhava

– A preparação para o filme foi-lhe culturalmente benéfica, pela reflexão política sobre todos os tempos

– Não é dado a política. Apenas exige educação no seu país

– Diz que vive com muita simplicidade, mas com simplicidade matemática

– Vai dedicar-se ao ócio em janeiro de 2015 (espero que não seja o fim da sua carreira!)

 

Sou tocada ligeiramente no braço por uma pessoa da organização. Tempo de acabar a entrevista, não sem antes tirar um “retrato”, sem tempo para mais perguntas.

Fica a selfie, para registar esta oportunidade única em conhecer pessoalmente Tony Ramos

 

Tony Ramos em Lisboa

Joana Teles com Tony Ramos

 

Joana Teles com Tony Ramos

Joana Teles com Tony Ramos

 

Um filme excelente, complexo, comovente e dado a reflexão. Como o próprio Getúlio Vargas disse um dia – “Eu não quero nunca me explicar, eu prefiro que me interpretem

 

Beijinhos, Vossa,

J!

Comentários

  1. Carmen

    16 Outubro de 2014 às 8:12

    Responder

    É a oportunidade de conhecer pessoas fantásticas como esta que deve dar o alento necessário para continuar a fazer este trabalho de uma forma tão profissional como a Joana o faz. Parabéns

  2. Adriana

    16 Outubro de 2014 às 11:46

    Responder

    Os bons profissionais são sempre bem recompensados, esta entrevista com este grande senhor foi um premio muito merecido por si pela excelente profissional que e .
    E uma melhor cheia de desafios profissionais mas sempre pronta para os superar.
    Deseijolhe muito sucesso na sua carreira pois merece o melhor.
    Beijinhos


Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *