A Mulher é que manda!

As palavras não são minhas, mas estou de acordo ;)…

É uma frase algo autoritária, ao jeito de provocação, que nos remete para um universo feminino e poderoso! Mas esta frase é também nome de um dos blogs mais lidos em Portugal.

É Mónica Santana Lopes, a mulher por detrás do blog “A Mulher é que manda”.

Diariamente, e várias vezes por dia,  Mónica Santana Lopes escreve sobre dicas, curiosidades, estudos, novidades, tudo com uma frescura e simpatia nas palavras que vicia.

Tive vontade de a conhecer melhor e de dá-la a conhecer (esta minha mania de fazer perguntas!).

Fiz uma curta entrevista à qual a simpática Mónica Santana Lopes respondeu assim:

 

JT – “A mulher é que manda”. Sempre? 

M.S.L – Espero que não, para bem das mulheres 😉 O ideal é sempre o meio-termo e o bom senso. Mas como sabemos ainda existem muitas casas em que vemos a mulher a desempenhar a maior parte dos papéis activos do dia-a-dia e ai sim, acredito que acaba por ser a mulher a mandar. Mais que não seja porque como o homem não está envolvido, acaba por não participar nas decisões. Mas felizmente, a sociedade está a mudar e a intervenção do homem e da mulher em casa começa a ser cada vez mais equilibrada e isto sim é a meu ver, o ideal para todos. No que respeita ao blog, é um espaço dedicado a mulheres e aí sim, a mulher é que manda sempre a 100%.

JT – Qualidade (sei que só uma é muito difícil, senão impossível) de uma mulher, e um defeito? 

M.S.L – De facto acho difícil seleccionar apenas uma qualidade, mas nesse caso diria a inteligência emocional. Quanto ao defeito, por vezes sermos boazinhas demais (o chamado coração mole).

JT – Ser blogger é ser? 

M.S.L – Ser blogger é partilhar ideias, conhecimentos, opiniões, momentos importantes da sua vida com outras pessoas. É ter gosto em escrever, em comunicar… e aumentar esse prazer através da relação que se desenvolve com as suas seguidoras.

JT – Em 24 horas, quantas são dedicadas ao blog? 

M.S.L – Depende muito do dia, da inspiração… mas em média posso dizer cerca de quatro a cinco horas. Adorava que o dia tivesse 48 horas para conseguir dedicar muito mais tempo.

JT – Que relação tens com as tuas leitoras?

M.S.L – Acho que temos uma relação bastante dinâmica. As leitoras comentam bastante os artigos do blog, dão as suas opiniões e pedem-me artigos sobre temas específicos, que tento sempre responder da melhor forma.

JT – No Google, és a segunda “Mónica” a ser pesquisada…há orgulho e um pouco de vaidade “boa” ao saber disto? 

M.S.L – Não sabia, acabo de receber a notícia e de facto fiquei um bocadinho vaidosa 😉 e também com algum nervoso miudinho. Não sendo eu uma pessoa muito extrovertida, acho que ainda me estou a habituar à visibilidade que a blogosfera nos traz.

JT – Honestamente, em que é que a Mónica não manda nada? A opção “escolher as jantes do carro” não conta :)… 

M.S.L – Hummm, sinceramente acho que só não mando no que não posso controlar, de resto não existe nada na minha vida que eu não queira escolher/decidir, até mesmo as jantes do carro, lol. Sempre fui muito autónoma e não gosto de me sentir dependente de ninguém para nada, por isso vou sempre para a frente, nunca espero, nem gosto que decidam por mim.

Obrigada Mónica e parabéns pelo belíssimo trabalho!

mon

 

Agora vou sair em reportagem com o José Carlos Malato…o que será que vem por aí?

Já vos conto tudo! Beijinhos

Vossa

J!

 

Comentários


Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *