Tirar fotografias com um objetivo concreto pede uma faceta de atriz. Encarnar alguém que não somos, não queremos ou não procuramos ser. É fazer de conta, ver como nos sentimos noutra pele. É arriscar, sem medo nem vergonha. De nós e dos outros.

Quantas vezes já teve de encarnar uma personagem? Fazer uma coisa que jamais faria, ter uma atitude que nunca teria, ter um gesto que em nada reflete o que lhe vai na alma?

Por muito que tentemos ser nós próprios, respeitarmo-nos, fazer em função do ser, e agir em conformidade com o coração, nem sempre conseguimos essa lealdade para connosco mesmos. E estamos a ser falsos por isso? Estamos a ser fracos por isso? Não necessariamente.

O melhor a fazer é estudar o guião, encarnar a personagem e interpretar. Dar tudo o que temos naquele instante, seguros de que, quando terminar, voltamos a ser nós mesmos, com tudo aquilo que a genuinidade tem de belo. Usufruir da liberdade do fazer. Porque não há nada mais importante do que termos a liberdade de SER!

Gosto de ser, de assumir erros e fragilidades, de ser má “atriz” e de não ir mais para a frente se o meu coração quiser estar parado. De me respeitar a mim mesma. Tenho essa opção e essa liberdade. Temos todos.

Mas a vontade de ser, nem que seja por instantes, algo que não somos, dá um “salero” à vida.

Comentários

  1. Carlos Miranda

    6 Fevereiro de 2014 às 23:40

    Responder

    Joana!!!!!!… mas que transformação! 😮 … e olha só a descontracção :)
    Tenho pena de estar aqui de passagem – vim só espreitar – mas prometo que, com mais tempo, virei dar uma “espreitadela” mais atenta. Mas para já; ADOREI !! :)

    • Joana Teles

      8 Fevereiro de 2014 às 12:50

      Responder

      Obrigada Carlos! Volte sempre ;)! Beijinhos

  2. Tiago

    7 Fevereiro de 2014 às 10:55

    Responder

    Muito bem Joana. Estás definitivamente de parabéns. Continuação de um bom trabalho e já agora de um bom fim-de-semana.

    Um beijo

    • Joana Teles

      8 Fevereiro de 2014 às 12:50

      Responder

      Obrigada Tiago! Fico à espera da sua visita aqui pelo blog! Beijinhos e bom fim-de-semana

  3. João Martins

    7 Fevereiro de 2014 às 14:00

    Responder

    Olá Joana,
    concordo e entento esta mensagem, não há maior cego que aquele que só vê com os olhos, e não com o coração…. muitas vezes julgamos por aquilo que vemos …. se sentirmos com os “olhos” do coração seremos mais verdadeiros e honestos connosco e com os outros…
    para mim, nada como uma mulher inteligente e muito sensual, como as fotos nos transmitem.
    bjs
    João Martins

    • Joana Teles

      8 Fevereiro de 2014 às 12:51

      Responder

      Obrigada João! Beijinhos e bom fim-de-semana

  4. Abel

    7 Fevereiro de 2014 às 19:32

    Responder

    Lindíssima! Na realidade e a fazer de conta, não importa.
    Até já. Beijinhos

    • Joana Teles

      8 Fevereiro de 2014 às 12:51

      Responder

      Muito obrigada Abel! Beijinhos!!

  5. Miguel

    9 Fevereiro de 2014 às 15:46

    Responder

    Ola Joana! és tu na foto?? ate de costas és linda!!! lol

  6. Antonio Guilherme

    10 Fevereiro de 2014 às 20:24

    Responder

    Espetacular…
    A quinta foto está cheia de arte fotografica…
    O modelo é uma combinação de elegancia e sensualidade…
    Parabens

  7. cristina

    10 Fevereiro de 2014 às 23:04

    Responder

    Muito bonita !!!estas de parabenssss!!beij

    • Joana Teles

      13 Fevereiro de 2014 às 15:56

      Responder

      Obrigada querida Cristina! Beijinhos!


Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *