Como nova!

Pensavam que andava aqui com queixas e que só fazia uns sumos para me restabelecer? Nada disso!! Hoje fui fazer uma sessão de terapia quântica e mais uma vez, estou um espetáculo!

Para quem não esteja tão familiarizado com o tema, a medicina quântica parte de um princípio simples e cientificamente provado. O universo é composto por uma massa de radiações. Estas radiações resultam da ação de particulas atómicas, subatómicas e electromagnéticas, que são responsáveis pelo criação/desintegração da matéria. Até aqui, tudo bem, certo? Agora vem a parte gira!

De uma forma muito simples, este mecanismo ocorre dentro de nós, nas nossas células. Por isso, transmitidos energia, temos uma determinada frequência…

A Terapia Quântica é a leitura electromagnética do corpo e estimula a capacidade auto-curativa do organismo. Como? Simples. Sabe-se que cada orgão do nosso corpo tem uma determinada frequência que é única. Este sistema permite medir essas frequências e compará-las com aquilo que deveria ser o normal  para aquela pessoa.

Como se faz? Explico-vos à minha maneira, não da forma científica! Relaxadinhos num cadeirão, seguramos nuns cabos adequados, por onde passam as frequências. Sente-se como se fosse um formigueiro. Aquelas “ondas electromagnéticas”, vão ao cérebro e reequilibram-nos. É o princípio químico dos medicamentos! Quando tomam uma aspirina, para onde vão os químicos que a compõe? Quem é o grande orgão que controla tudo isto? Cérebro! E os elementos químicos que compõem os medicamentos levam-nos aos simples atómos e às ligações entre eles! Voltamos assim ao início da história. Tão simples quanto isto!

Agora, cada um é livre de acreditar no que quer! Faço-o porque o princípio parece-me plausível e porque o médico é da minha total confiança. A título de curiosidade, é ele que companha os nossos atletas de alta competição nos Jogos Olímpicos. Sabe o que faz, portanto.Mas há que saber onde fazer, claro!

Agora que já estou com as energias equilibradas, ninguém me pára :)!

Vossa

J!

 

 

Comentários

  1. Abel

    16 Janeiro de 2014 às 19:27

    Responder

    Um tanto confuso para mim!
    Se a Joana diz que se sente bem, acredito.

    • Joana Teles

      16 Janeiro de 2014 às 20:18

      Responder

      Não sou boa a explicar Abel :(

  2. luís

    16 Janeiro de 2014 às 22:02

    Responder

    Olá, afinal não tem a ver com viagens no tempo… 😉 mas no fundo este tipo de terapia lida com as energias, parecido com outro tipo de terapia chamada de reconexão, mas sem a parte dos cabos!! (mais natural a meu ver) Bj!

    • Joana Teles

      16 Janeiro de 2014 às 22:37

      Responder

      Vou descobrir essa de que fala Luís! Obrigada por aparecer por cá ;)! Espero vê-lo mais vezes aqui! Beijinho

    • Abel

      18 Janeiro de 2014 às 19:19

      Responder

      Não! A Joana explica bem e escreve bem.
      Eu sinto-me confuso com essas radiações. Os RX são perigosos assim como outras radiações.
      Pode ser que tenham efeito benéfico.
      Daí a minha confusão.
      Ate sempre J!

      • Joana Teles

        18 Janeiro de 2014 às 19:23

        Responder

        Olá Abel!Não são radiações, são frequências. Inofensivas para o nosso organismo ;)! O ideal será mesmo pesquisar na internet, isto se tiver interesse em saber mais. Está visto que para professora não dou :)! Beijinhos!

  3. cristina

    17 Janeiro de 2014 às 8:32

    Responder

    Realmente!!!um bocado complicado de se perceber!!! Mas o que interessa é se sentir bem e com novas energias!!! Beij

    • Joana Teles

      17 Janeiro de 2014 às 23:04

      Responder

      Olá Cristina! Bem-vinda ao blog ;)! Confesso que não sou a melhor pessoa do mundo a explicar, e como o fiz usando as minhas próprias palavras, vejo que não fui esclarecedora o suficiente! Mas se lhe interessar, na internet encontra explicações bem melhores ;)! Um beijinho e espero vê-la por aqui mais vezes!

  4. David

    17 Janeiro de 2014 às 10:26

    Responder

    Gostei, um bom dia de trabalho, o que com essa energia toda, será um prazer!!!,beijocas Joana

    • Joana Teles

      17 Janeiro de 2014 às 23:06

      Responder

      Olá David! Correu muito bem e o dia foi muito longooooo!! Espero que tenha tido um bom dia também! Um beijinho e até breve!

  5. Miguel

    17 Janeiro de 2014 às 12:54

    Responder

    Ola Bom Dia! A meu ver essa terapia é quase a mesma coisa que a chamada “viagem astral”! Onde somos levados (ainda que em espírito) a locais onde estivemos quando crianças ou encontrar pessoas amigos familiares que já partiram. Bom talvez não seja a mesma coisa e não é, Mas em termos de energias à muitas semelhanças! Para finalizar eu não fazia nem uma nem outra porque? Porque poderemos ter um ataque cardíaco! Mas isso já vai para o mundo da medicina. Beijinhos Joana, (pesquisa mais sobre viagem astral vale a pena)

    • Joana Teles

      17 Janeiro de 2014 às 23:07

      Responder

      Olá Miguel! Bem-vindo ao blog ;)! Já li sobre a viagem astral! Fascinante! Beijinhos e apareça por cá!


Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *