O sonho comanda mesmo!

Hoje foi mais um dia assim.

Vêm ter comigo meio a medo. Percebo que não sabem muito bem por onde começar…mas quase que lhes adivinho a pergunta! Depois do sempre simpático, e espero que honesto, “Olá! Gosto muito de a ver na televisão!!”, segue-se a conversa de circunstância e o motivo aparece “…gostava de saber como fez para ser apresentadora de televisão!”

A pergunta-se repete-se sobre a forma de e-mail´s, mensagens pelo facebook e em todas respondo da mesma forma! Aconteceu!

E aconteceu quando estava prestes a finalizar o curso de enfermagem numa área que, embora muito diferente, tem mais pontos em comum do que maioria pensa! Aconteceu, porque o meu sonho era outro!Aconteceu, porque os sonhos não devem morrer! Porque apesar de toda a gente dizer que é muito difícil, ou mesmo impossível, há qualquer coisa dentro de nós que nos impele. E nós devemos fazer o que sentimos! Sentir mais e pensar menos!

 

Estávamos em 2006. Vi o anúncio na RTP. Estavam a fazer um casting, onde procuravam novos apresentadores. Inscrevi-me de imediato, embora sem saber para o que ia, garanto-vos!

Ainda guardo, religiosamente, o papel onde gatafunhei morada e hora. Chamo-lhe de “sarrabisco do destino”!

fotografia-6

 

O número 6487 de uma fila imensa que durou alguns dias e que se repetiu em Lisboa e Madeira.

Fui ao casting e fiz a prova! Deram-me um texto para ler e disseram-me para me apresentar. Nunca tinha visto uma câmara tão de perto! Fui sem nada preparado, sem noção para onde ia! Lembro-me que me sentia muito feliz e estava lá como sou! Sem máscaras nem outros aditivos!

Fizeram uma pré-seleção e fiquei. Recordo-me que simulámos diretos, apresentação de programas, improvisos e imprevistos!

Dos mais de 5000, passámos a 100. Na foto, o grupo que prestou provas a Norte (Desculpem a má qualidade, mas foi de um telemóvel e há uns atrás, era o que se arranjava!)

Img087

 

Agora olho para esta foto e só me dá vontade de rir! É que não tinha a mínima noção o que estava a acontecer! Por esta altura estávamos no final de 2006. E que no dia 6 de março de 2007 recebo um telefonema “Joana, tenho uma boa e má notícia para te dar! A boa é que foste selecionada e és uns dos 10 novos apresentadores da RTP! A má é que precisas de vir para Lisboa amanhã, para seres apresentada na Gala dos 50 anos da RTP!” Caiu-me a ficha!!

No momento da chamada estava em estágio no hospital. Sei que terminei o meu horário e despedi-me do que sabia que não voltaria mais a fazer.

No dia seguinte, lá estava eu a ser apresentada com os restantes 9. Os novos apresentadores da RTP! Parecia que estava dentro de um filme! Não sabia nem fazia ideia como a minha vida ia mudar!

Aqui nos bastidores do Coliseu, local onde decorreu a gala. Estão a ver o manjerico? Sou eu!

gala3

Desde então a minha vida nunca mais foi a mesma! Tive de vir viver para Lisboa e deixar tudo para trás. Foi muito complicado!

Foi difícil, doloroso, tive muitas pedras no caminho, duvidei, fui-me abaixo mas levantei-me sempre! E hoje estou aqui! E de cada vez que alguém me pergunta “como te tornaste apresentadora de televisão?”, faço esta viagem toda na minha cabeça! E sorrio, sorrio sempre! Porque fui atrás do meu sonho! E os sonhos existem para serem realizados!

Vossa

J!

 

 

 

 

 

 

O sonhos existem para serem realizados

Comentários

  1. Nuno Barbosa

    12 Janeiro de 2014 às 5:03

    Responder

    “Goose bumps”! Exemplar! 😉 bjs!

    • Joana Teles

      12 Janeiro de 2014 às 16:53

      Responder

      Obrigada Nuno ;)! E bem-vindo! Beijinhos!

  2. Carla Martins

    12 Janeiro de 2014 às 19:45

    Responder

    Olá Joana! Sou licenciada em Ciências da Comunicação, o primeiro passo da realização daquele que é o meu sonho desde pequenina, ser apresentadora de televisão. Estou desempregada há um ano, e tenho vivido a dura realidade deste país. Todos os dias, todos, me levanto com a mesma vontade de ir atrás, de dar tudo, de tentar nem que seja o passo mais pequenino para poder realizar o meu sonho de sempre. Têm sido dias duríssimos, porque até para quem é super optimista, todas as tentativas falhadas, os “nãos” diários, a indiferença, e acima de tudo a falta de oportunidade que nos dão actualmente, são demasiado cruéis. Há dias que parece que tudo está a desabar, há dias em que parece não existir um único passo que seja para poder seguir em frente; mas há outros em que, de algum lugar, surge sempre a essência do que nos faz continuar a sonhar, uma vontade mágica de continuar a luta, de nunca desistir. Tenho tentado tudo o que consigo, coisas que há uns tempos não imaginava pôr como “hipóteses”, e nem essas têm deixado entrar uma luz maior, ter alguma experiência, simplesmente seguir. Mas não quero desistir já. Tenho 22 anos, parece que tudo de repente se está a tornar mais difícil sim, mas também tudo é sentido ainda com mais garra. Quero isto mais do que tudo, penso nisto ainda antes de pensar enquanto “eu”. É bom ouvir de alguém que a esperança é exactamente isto, é saber que às vezes o caminho é já ali, outras vezes é distante, mas o que é nosso, seja isto ou uma coisa totalmente diferente, sempre vem. Obrigada por dar a voz e um “miminho” a quem está deste lado; para mim, que olho para esse mundo com o coração, é mesmo gratificante. Parabéns pelo trabalho, e parabéns por ser verdadeiramente dos portugueses, porque quem o é, é – o na televisão e aqui, pertinho. Bom trabalho, espero um dia poder dizer- lhe isto pessoalmente, como colegas! É o meu sonho, também. Um beijinho. Carla.

    • Joana Teles

      12 Janeiro de 2014 às 20:39

      Responder

      Carla,
      As suas palavras emocionaram-me porque as senti como minhas. O que lhe posso dizer é que querer é de facto, poder e quando lutamos muito por uma coisa, acabamos por consegui-la! Eu sou exemplo disso e como eu, há muita gente! Estamos numa era em que a comunicação é vasta e multiplataforma, por isso invista por aí! O talento vem ao de cima e não passa indiferente. Tem 22 anos o que é uma vantagem aos meus olhos! Não desanime! A vida tem surpresas guardadas para nós! Temos é de estar abertos a elas e continuar a sonhar! Mais tarde ou mais cedo, vai conseguir! E espero que um dia me possa dizer isto pessoalmente! Fico a fazer figas! Um beijinho e bem-vinda ao blog :)!

  3. Carla Martins

    12 Janeiro de 2014 às 21:10

    Responder

    Obrigada pelo apoio, e pelas palavras de carinho :) Estou a investir num blog também, assim que estiver pronto passo por cá para o mostrar! E já agora, o “Bastidores” está muito giro, vou seguindo com atenção! Um grande beijinho

  4. Abel

    13 Janeiro de 2014 às 20:30

    Responder

    Muito bonito!
    Lutar por um sonho, estar presente no momento exacto.
    Há quem diga que é sorte, mas às vezes é suor, determinação, eu sei lá!
    Parabéns Joana! É merecido.
    Bj

    • Joana Teles

      13 Janeiro de 2014 às 22:54

      Responder

      Obrigada Abel! É lutar pelos sonhos. Ponto! Beijinhos e obrigada por passar por cá!

    • Joana Teles

      13 Janeiro de 2014 às 22:55

      Responder

      Abel, é lutar pelos sonhos. Ponto! Todos temos momentos destes, mais cedo ou mais tarde! Obrigada por passar por cá 😉

  5. Ana Sá

    25 Janeiro de 2014 às 0:28

    Responder

    Muitos parabéns Querida Joana! :)
    O sonho comanda a vida, como própria referiste é preciso não desistir, abraçar todas as oportunidades que a vida nos dá, “uma pequena janela, pode abrir uma grande porta.”
    Muito sucesso, por muitos e longos anos! :)
    Beijinhos


Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *